Made In Heaven

A humanidade não é um estado a que se ascenda. É uma dignidade que se conquista.

Welcome Home

with 2 comments

É raro termos nas nossas vidas, alguém que goste de nós ao ponto e de maneira a fazerem-nos uma presencial companhia em momentos mais íntimos. Em momentos em que precisamos dela, mas não podemos ali retribuir da forma que elas querem. As pessoas são egoístas, é um facto. Mas salvo a excepção do raro, há que aproveitar. É delicioso quando sentimos essa enorme sensação de ter tão nobre companhia, ali, de mãos nos bolsos!

Anúncios

Written by meph

Dezembro 1, 2009 at 11:18 pm

Publicado em Uncategorized

Nobel da Paz

with 5 comments

PEACE!!!!!!!!!!

PEACE!!!!!!!!!!

“Eu porém vos digo que não resistais ao mal; mas se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra.” Mateus 5:39
Trazer a paz à América ou levar a América à paz?!
A montanha não vai a Maomé…
Ter o mundo na mão macia e bater-lhe com a calejada, não é covardia. É oportunidade…

Written by meph

Outubro 11, 2009 at 7:37 am

Publicado em Uncategorized

Quantas vidas terei que viver para que não tenhas que viver nenhuma para me esquecer?

with 3 comments

Gosto da ideia de viver dias mais saudáveis. Acompanhar-te sem que isso tenha que ser uma necessidade, sendo não só e apenas mas também, um desejo muito querido. Saudáveis no sentido em que, já consigo escolher uma de duas versões do mesmo esboço e curti-la contigo, sem que ainda assim a outra, interfira. Pequenos, não poucos, momentos, pensando, claro, sem que para isso se baralhe e misture, ainda que não se esclareça. Explorar apenas, sem que tenha que latejar. Mais Livre, mais leve, mais solto.
Não é que tenha forçado isto acontecer, nem tão pouco pensado nisso entretanto, mas se isto é um regresso, dá-me as boas vindas.

Um copo cheio de ti, sem sonhos. Dualidade de critérios na íntima profunda consciência. Sem aparente  solução e para ela sem vontade também. Agora sem dúvidas e sem ti, sempre contigo.
Uma só questão…

Written by meph

Setembro 23, 2009 at 8:55 am

Publicado em Uncategorized

sempre que o sempre, sempre for, eu voltarei, ainda que o sempre não seja sempre mas seja o sempre que sempre foi.

with one comment

Written by meph

Setembro 22, 2009 at 11:27 am

Publicado em Uncategorized

with one comment

A humanidade não é um estado a que se ascenda.
É uma dignidade que se conquista.

JeanVercors / Marcel Bruller

Written by meph

Agosto 12, 2009 at 6:58 am

Publicado em Uncategorized

#1

with 4 comments

O ser humano quando nasce, nasce com a possibilidade de fazer da sua vida o que bem entender. Eis senão quando, se depara com todo um esquema ao qual, das duas uma, ou foge e se refugia dentro de si ou de outros, ou se vicia em afrontar o mesmo esquema que tem para si, tudo o que precisa para ser equilibrado; a quem sabe espremer categoricamente. A tendência para o mais fácil é a maioria e, bendito é aquele que se destaca, ainda assim, muito cúmplice de um esquema qualquer.

 A infância, essa pérola que alimenta quem nos observa e acompanha, par perfeito da velhice; têm em comum o facto de quase sempre ficar na recordação de todos, menos na nossa. Arrastando uma sombra frustrada do que podia ser e ficou pra trás; Reflexo de uma luz que não se mistura com uma sombra que é mesmo nossa!

O meu jeito de ser, as minhas sombras na calçada e nos outros, são um reflexo da profundidade com que me envolvo em tudo o que sinto. Fragmentos de uma vida moldada por muitos barros e mãos…

…(podia ser menos profundo este desabafo); e espero um dia fechar os olhos sem antes ter sentido que tudo foi em vão!

Written by meph

Agosto 9, 2009 at 7:28 pm

Publicado em Uncategorized

O que ela pedia, doce: levanta-me o coração até ao sítio de onde, olhando para baixo, se vê o ramo mais alto.

with 3 comments

Written by meph

Maio 23, 2009 at 9:49 pm

Publicado em Uncategorized