Made In Heaven

A humanidade não é um estado a que se ascenda. É uma dignidade que se conquista.


Sob contraste ou contradição, é de uma paixão inesquecível a um grau muitas vezes distante da realidade que arranha a loucura e me proporciona todas as emoções e mais algumas sem percepção do tempo ou do espaço; da indignação de uma sociedade de rascunho que me toca directa e indirectamente; é de todas as cores, sabores e o cheiro das coisas, das mais insignificantes às que mudam o rumo de uma vida, num jeito que insiste em marcar uma diferença, quebrar barreiras e transformar outras tantas-o mérito e a entrega, de cabeça erguida ou no fundo do poço, de poder dizer que sofro as consequências das minhas opções. Umas vezes lúcido, outras nem tanto. Fugindo, escondendo, baralhando. E que é intensamente que vivo e com muita força que aqui escrevo por impulso, reflectindo também uma imaginação que é a minha.
São estes contrastes e estas contradições, e por vezes o choque entre eles; E é sem dúvida, tudo o que dou de mim e o que recebo dos outros, que me faz chegar pra cá o teclado, e por mãos à obra.

Seja o que Deus quiser…

Anúncios

Written by meph

Março 1, 2007 às 1:36 pm

Publicado em Uncategorized

%d bloggers like this: