Made In Heaven

A humanidade não é um estado a que se ascenda. É uma dignidade que se conquista.

Head Shot!


Entre sentir na terceira pessoa, por mais afinidades que se levantem, e sentir na primeira pessoa, mesmo sem qualquer tipo de consciência-existe uma diferença. A forma como nos desesperamos, como nos escorre o suor e como o mundo vai ouvir falar de nós. Por mais horrível que seja a imagem dessa diferença, requer distância. Subindo mais um degrau na escala, requer desprezo. Em contraditório, é necessário ouvir falar de nós, bem ou mal, importa que se fale. Há mais espaço de manobra se apenas se ouvir falar de nós, do que se ouvir falar mal ou bem de nós.
Tocou, tocou, tocou, tocou, tocou… Perdi a conta às vezes que tocou, tocou, tocou… Tinha planeado tudo de forma a cortar-te a respiração. Não quiseste ouvir falar de nós.
E é precisamente em função dessa imagem, que agem os mais fracos. Os mais fracos na primeira pessoa, assim como os mais fracos na terceira pessoa.

Anúncios

Written by meph

Julho 28, 2007 às 9:10 am

Publicado em Uncategorized

%d bloggers like this: