Made In Heaven

A humanidade não é um estado a que se ascenda. É uma dignidade que se conquista.

Archive for Novembro 25th, 2007

Tem vezes que só nos lembramos que somos daqui quando o carteiro nos bate à porta!!

with one comment

Em tempo de «Apocalipse Nacional», ainda há quem se dê ao luxo de aceitar caprichos de um estado qualquer. Coisas dispensáveis, sem algum interesse comum, exepto o próprio. Nesta casa apoia-se incondicionalmente tais atitudes, apenas condenando o facto, de estas serem postas à mercê de qualquer olho e ouvido esfomeado pelo estilo, assim como põe a descoberto outras; talvez motivações a constraste.
Talvez arrisque aqui um pouco da consideração que têm por estes dedinhos, talvez não, mas é precisamente essa consideração, superficial entenda-se, que quero arriscar. Quem não arrisca não petisca e eu gosto de petiscos à maneira. Maneiras qué assim… Façam uma análise muito rápida da nossa vida social e da de quem vos lembrar assim rapidamente. É o suficiente para perceber que é baseada no, “quanto melhor aspecto, melhor”. Aspecto sugere aparência e nem eu me lembraria de melhor conceito neste contexto. Ora acontece que, assim também rapidamente, quando se exerce exesso de aparência, outras qualidades, nomeadamente psíquicas, ficam de molho. Refugiadas, entupidas e calcadas… Isto pra dizer que nem toda agente que tem bom aspecto tenta o máximo* estimular certas qualidades que tem, quando sabe que as tem, e que nem toda a gente que por outro lado as estimúla, e de forma encantadora, tem o melhor aspecto.
Salvo seja, quando é possivel conjugar a palestra, então aí o caminho é <going to perfection>.

Uma nota: este espaço não se aconselha a quem sofra de vertigens, cabeça oca e varizes.
Querem-se aventuras, inteligência e pernas bonitas. Só para que conste

Bom Domingo

Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Written by meph

Novembro 25, 2007 at 12:03 pm

Publicado em Uncategorized